Sinais que sua marca não tem valor

Atualizado: 8 de jul. de 2020

Todo empreendedor deseja que sua marca tenha sucesso e cresça gradativamente, afinal uma marca não é feita do dia para a noite, mas é fruto de muita luta para mantê-la na mente das pessoas.


Não é simplesmente vender e "ter um bom atendimento", isso toda empresa deve fazer! Isso não é valor agregado, é o mínimo que você deve fazer.


Sinais de que sua marca não tem valor

Aliás, ninguém é obrigado a aguentar desaforo de ninguém, ainda mais quando estamos pagando para este alguém. Concorda?


Então se o seu pensamento de "valor" é prestar um bom atendimento, este post é para você. Vamos lá, bora mudar esse pensamento...



O lucro não aumenta


Sua marca já tem mais de 10 anos no mercado, mas o lucro nunca aumenta, não importa o que é feito para melhorar a situação.


Abaixar ele abaixa, mas aumentar que é bom nada.


O que pode estar errado? Será que você é tão péssimo empreendedor assim? Hum, se você tiver anos de mercado, está indo bem!


Sabemos que tem empresas que fecham as portas em 2 anos de atuação. Então porque não melhoramos com o tempo?


Sabemos que empreender não é um gráfico de equação exponencial, em que crescemos o dobro do que fizemos no último mês.


Pelo contrário, é um gráfico de "sobe e desce", mas mantendo uma certa estabilidade e uma curva de crescimento positiva.


Para o seu lucro aumentar, é necessário aumentar o valor da marca, e isso pode ser feito de várias formas! Uma delas eu conto neste post, que você pode ler clicando aqui.



Os clientes reclamam que "tá caro"


E você praticamente "se humilha" para fechar o negócio, dando descontos sempre que o cliente pedir. Isso é sinal de que as pessoas não estão enxergando o seu valor como empresa (ou profissional, caso você seja autônomo).


Isso é um sinal importante a considerar, visto que se nem você mesmo valoriza o seu preço, por que os clientes irão valorizar?


Então é necessário tomar medidas para que o seu valor agregado seja elevado e você possa cobrar melhor os seus serviços / produtos.


Uma destas táticas eu conto no post "Como aumentar o valor agregado de uma empresa?".



"Caiu na rede é peixe"


A sua empresa atende a todos os públicos sem exceção. Isso faz com que o público-alvo fique confuso com a sua abordagem, afinal ninguém sabe qual é o seu tipo de negócio. Imagina um restaurante que quer atender todo mundo.


Vem uma galera que ouve pagode, um grupo de idosos, um outro grupo de roqueiros, algumas mães com crianças, todos dividindo o mesmo espaço.


Percebe que nenhum dos grupos se sentiria confortável num ambiente como esses?


Geralmente, quando uma empresa tem um público-alvo definido, é mais fácil atingir e atrair esse grupo específico, tornando-se um ciclo vicioso e fazendo a sua empresa prosperar, porque as pessoas irão se sentir mais dispostas a procurar pessoas semelhantes a elas no seu estabelecimento, então é benéfico para o seu cliente, porque ele se sente a vontade, e se sentir a vontade é sinal de que ele poderá comprar mais.



É uma missão difícil


Você precisa se esforçar muito mais para vender.


Lógico que toda empresa precisa se esforçar para vender, mas no seu caso esse limite extrapola, fazendo com que você tenha que trabalhar muito mais para vender, driblar todas as objeções dos clientes e, depois de muito argumentar e com um desconto você vende o produto / serviço.