Como aumentar o valor agregado da sua empresa ou negócio?

Atualizado: Jul 8

Já aviso que este post será longo, porque vamos discutir um conceito um pouco complexo: o valor. Valor é algo bem intangível, né? Você consegue definir a palavra "valor"?


Não poderia deixar de falar sobre a famosíssima e polêmica Daslu

Provavelmente você irá pensar em dinheiro, mas valor não é bem o dinheiro em si. Na verdade damos valor ao dinheiro, mas se formos analisar bem, ele é apenas um papel retangular com um número.


Na verdade, valor é algo não palpável, eu descrevo que é uma sensação ou benefício que algum objeto, lugar ou pessoa passa para você.


Me diz aí, porque as pessoas valorizam tanto a Apple?


O que ela te entrega de valor? Status? Superioridade e sofisticação? Moda? Tecnologia?


Afinal o que você sente quando vê um aparelho de celular desta empresa?


Por que um Iphone é tão disputado, mesmo valendo até 10 mil reais e todos sabendo que ele faz absolutamente as mesmas coisas que qualquer outro celular?


Já parou para pensar o quanto isso é louco? Você compra o valor da marca, não é bem o preço do celular.


Talvez um Iphone custe uns 300 a 600 reais para ser feito (é um chute, mas acredito que seja bem menos).


Se a Apple vendesse este celular pelo preço de custo, obviamente eles não iriam lucrar, mas supondo que eles vendessem com uma margem de aproximadamente 100% de lucro. Uns 1000 a 1500 reais.


Onde eu quero chegar com isso: podemos concluir que o preço restante que você paga pelo celular é, na verdade pela marca, e não pelo aparelho.

Isso funcionou também para a Daslu.


Quem não sabe a história da "grife" Daslu, as donas começaram a vender como sacoleiras, as vendedoras de roupas que vão de porta em porta e vendem a domicílio.


Acontece que elas foram crescendo, investindo e se tornaram a grandiosa Daslu, uma marca de luxo e sinônimo de sofisticação devido ao modo como a Daslu tratava seus clientes de uma forma íntima e inteligente, o investimento pesado em uma experiência luxuosa, tudo para garantir o valor da marca.


Porém a marca caiu por terra em meados dos anos 2000, quando descobriram que de valor ela não tinha era nada.


Além de sonegar impostos, a Daslu tinha seus produtos frutos de trabalho escravo, muitas roupas de sua marcas eram ainda oriundas do Brás. Vários podres foram expostos.


Quem é de São Paulo, sabe que o Brás é um centro comercial popular importantíssimo, porque lá estão instaladas diversas fábricas de confecções e vendem roupas a preço de custo baixíssimo (saias à 10 reais, por exemplo).


Isso significa que elas vendiam as roupas compradas no Brás (ainda realizando trabalho escravo) e colocavam uma etiqueta da Daslu na roupa e, a roupa de 10 reais, ia para 1000 reais por exemplo.


Isso significaria um lucro de praticamente 990 reais em cima de uma roupa do Brás.


Um salário mínimo em 1 roupa que, se estivesse em uma loja qualquer de esquina, não passaria dos 20 reais.


E toda essa "inflação" em cima do valor final não era nada menos que o suposto "valor" da marca.


Entende onde eu quero chegar?


Jamais defendendo a Daslu, gente, pelo amor ne? Estou usando como exemplo, pois acho que assim fica bem claro para vocês o que significa o valor de uma marca.


Valor é algo intangível, e não é tão simples assim de se conquistar. O valor é algo demorado de se obter, porque o valor vem com o tempo e com a dedicação constante.


Tem relação com a proximidade que o cliente tem com a marca, o tanto que ele se identifica com ela. Tem relação com os diferenciais propostos, pela sensação de status que ela traz.

O valor também pode ser dito como o nível de confiança e reputação que a empresa passa para o cliente.


Isso também só pode ser conquistado com muito trabalho duro e constante para manter a pose.


Como agregar valor?



Comprometimento


Trate bem seu cliente, mostre que sua empresa tem comprometimento, é profissional no que faz. Isso passa algo que é impagável: a confiança!


Confiança não tem empresa de marketing que te dê. Nenhuma pessoa é capaz de te vender a confiança. E quando seu cliente perde a confiança, é inegociável.


Portanto, nunca minta a respeito da sua trajetória profissional. Seja verdadeiro, mostre quem você é, isso fará parte da sua marca.


Eu mostro quem sou, não tenho vergonha do meu passado e acho que se não fosse por ele, talvez não estaria aqui escrevendo este post e fazendo o que mais gosto na vida. ;)



Aparência Profissional


Cá entre nós, você compraria com uma empresa que está caindo aos pedaços por dentro?


Fecharia negócio com um estabelecimento que mal se preocupa com si mesmo? Você acha que, se eles mal se preocupam com eles, vão se preocupar com você?


Pois é, a verdade é dura. Precisamos manter a aparência.


Ela é crucial para a primeira impressão que o cliente criará da sua empresa e, consequentemente do valor de mercado dela, portanto, não deixe sua empresa no desleixo. CUIDE DELA!


Tenha uma boa identidade visual, um bom logotipo, invista em uma boa reforma no seu site, ou no seu estabelecimento caso você tenha loja e escritório, mostre que se preocupa com a sua empresa.


Trate-a como um filho.


Na verdade, ela é o sua filha, afinal é uma pessoa jurídica, lembra? Tem nome e documento, assim como você.


E se não tiver o seu, formalize-se, abra uma conta MEI ou uma microempresa, mostre para o mundo que você não está para brincadeira.


Parcerias


Tenha boas parcerias, feche bons negócios com empresas parceiras.


Quando eu digo parceiras, não é o teu concorrente, mas aquelas pessoas que fazem trabalhos semelhantes aos seus.


Exemplo, eu Gabriela, sou designer gráfica, minha amiga é fotógrafa e minha outra amiga tem uma gráfica.


Assim temos uma parceria e, sempre que um cliente necessitar de um trabalho que não sei ou não posso fazer, encaminho para a minha parceria.


Isso aumenta a sua cartela de clientes e você ganha valor, porque não existe marketing melhor do que o boca a boca.


Nada supera a uma experiência contada por uma pessoa.


Afinal empresas são criadas para servir a humanidade, se você pensa que abrir empresa é para lucrar acima de tudo, volte 10 casas. Começou errado.


É isso, acredito que você tenha entendido um pouco sobre valor.


Se este post foi inspirador para você, não deixe de compartilhar o nosso card no Pinterest, assim esta postagem chegará a mais pessoas. Obrigada por ter lido e até o próximo post.





Se inscreva para

receber os nossos

posts novos :)

Não mandamos SPAM! Ao registrar-se, você concorda e aceita que A Casa de Lilith envie e-mails de novas postagens e armazene seu email em nosso banco de dados.

Somos um estúdio virtual localizado em Taboão da Serra -SP, focado em design gráfico e branding para empresas e profissionais autônomas. Acreditamos no potencial da imagem para alcançar o sucesso.

  • LinkedIn - Gabriela Costa
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

© COPYRIGHT 2020 - CNPJ: 31.252.859/0001-11 A CASA DE LILITH DESIGN STUDIO || FEITO COM ♥ DESDE 2018