5 coisas para refletir ANTES de fazer a nova identidade visual da sua marca

Atualizado: 10 de nov. de 2020

Ao iniciar um negócio a gente costuma ficar muito animado e empolgado com a ideia e acabamos por acelerar o processo sem pensar em algumas coisas que, a longo prazo, podem afetar significativamente nosso desempenho ou credibilidade.


5 coisas para refletir ANTES de fazer a nova identidade visual da sua marca
Foto por Jess Baily Designs

São assuntos sérios que devem ser tratados como tal.


E não pense tipo: "ah, mas eu estou iniciando agora, nem sei se dará certo!", porque nunca sabemos do amanhã! É necessário ter responsabilidade sim, desde o início.


E o principal: acreditar SIM, que vai dar certo! Concorda?


Vamos lá?



5. Você já definiu um público-alvo e uma persona?


Eu sei, provavelmente você já deve ter se cansado de ouvir sobre público-alvo e persona.


O instagram, pinterest e linkedin só falam nisso, mas é porque esse processo tem uma enorme parcela de importância e vai impactar diretamente no sucesso da sua marca.


O público-alvo e a persona são FUNDAMENTAIS para se fazer uma boa identidade visual e atingir o cliente certo.


Não irei me estender neste assunto por aqui porque tenho posts bem aprofundados sobre o assunto e você pode conferir nos links acima tá bom, xuxu? ;)



4. O nome da sua marca é original?


Engraçado como a maioria das empresas simplesmente ignora a importância de se possuir um nome original e criativo.


Mal sabem a tremenda dor de cabeça que é brigar na justiça com outra empresa que também tem o mesmo nome para talvez ganhar...


Ou pior, ter um nome que, em outra língua soe como xingamento!


Acredite, isso é mais comum do que se imagina.


Se você não tem uma ideia legal de qual nome colocar na sua marca, talvez seja fundamental contratar um profissional exclusivamente para isso.


O naming é um processo que utiliza técnicas de marketing para conseguir um nome criativo, original e diferente para a sua marca.


Ah aqui no estúdio fazemos o naming junto com o logotipo, não custa nada conhecer nosso trabalho, vem ver! :D



3. O que você pretende atingir com a sua marca?


Essa é aquelas perguntas do briefing que trava alguns empreendedores.


E isso é um sério problema, porque se você não possui um propósito definido, você tenderá a atirar "para todo lado".


Sabe aquela frase de "quem atira para todo lado acerta qualquer coisa"?

Pois é, neste caso, a "qualquer coisa" que você vai acertar é aquele cliente pouco interessado no seu trabalho.


Na maioria das vezes ele só quer saber dos conteúdos gratuitos que você tem a oferecer ou preços baixos e isso é frustrante para uma empresa.


Saber que posicionamento você quer ter é o primeiro passo para se conquistar um bom branding e consequentemente uma excelente identidade visual.