Por que minha marca não cresce?

Quando criamos um negócio, desejamos que ele cresça, progrida conforme o tempo, certo? Afinal ninguém quer lutar por anos para manter um negócio meia boca.


Por que meu negócio não cresce?


Posso te garantir que, infelizmente, na maioria das vezes que um negócio não prospera, é por falta de conhecimento daquele que gerencia, ou seja, você empreendedor.


Claro que às vezes estamos em situações as quais não temos o menor controle, como foi o caso da pandemia que pegou de "surpresa" a maioria das pessoas.


Mas veja bem, em muitos casos (não estou dizendo todos, mas uma maioria) de negócios que fecharam as portas porque foram pegos de "surpresa" eram aqueles que não se modernizaram durante todos estes anos.


Sim, eram empresas de décadas, algumas até tinham mais de 50 anos de existência.


Fiquei pasma de ver que, em plena era do ifood havia alguns restaurantes que sequer tinham um método de entrega a domicílio! Nem mesmo pelos apps. Isso é assustador.


Escolas que não tinham outro meio de contato com os alunos que não fosse presencial. Lojas de roupas que não tinham UMA loja virtual... Gente, essas pessoas pararam no tempo.


E isso é triste, na verdade... Como uma empresa, em plena era da internet, escolhe depender apenas de 1 fonte de clientes?


Estamos na era da informação, onde tudo que procuramos é pela internet.


Atire a primeira pedra aquele que nunca pesquisou um endereço no google, nunca fez uma compra pela internet nos dias de hoje?


E aonde eu quero chegar com isso?


Longe de culpar todos os comerciantes pelas suas próprias falências, longe mesmo, sinto que a maioria realmente não tinha condições de investir um pouco a mais...


Esta é uma realidade a qual é difícil admitir que sim: temos uma parcela de culpa nisso.


Portanto, é necessário ressaltar que:


Colocar a culpa na crise não resolve nossos problemas, apesar dela influenciar negativamente em nossos negócios. É necessário se reinventar.



Empreender é mudar o tempo inteiro


Para ser um bom empreendedor, é necessário ser empático, moderno e criativo! Perceber as oportunidades que surgem através das novas tecnologias é essencial para se ter sucesso.


Não adianta ter apenas um visual bonito, reputação de anos no mercado e tradição se você não se moderniza e se adapta com o tempo.


Aliás, a palavra "tradição" virou sinônimo de conservadorismo, algo que se tornou obsoleto porque não acompanha a evolução do mundo.


Deixe as tradições para a cultura, para a danças, para a culinária, para as religiões. No meio dos negócios, a famosa tradição é bem mal vista nos dias de hoje.


Para empreender, é necessário entender que teremos que estar em constante evolução, reciclando-se o tempo inteiro.


O que hoje você está fazendo e dando certo, provavelmente amanhã não dará mais.

E longe de ser pessimista, esta é a realidade de todos, independente do nicho.


É só observar que o mundo está mudando o tempo todo. A cada hora vemos uma nova proposta tecnológica, um novo remédio dali, uma nova formulação para um polímero acolá.


Aliás você já viu que daqui a 10 anos algumas profissões provavelmente não irão existir mais? Pelo menos não da forma que conhecemos...



Você precisa ser empata


Não estou dizendo aqui que você precisa ser uma Madre Teresa da empatia o tempo todo.


O que eu quero dizer é que você precisa entender que sua empresa trabalhará para outras pessoas e que antes de você vender o seu produto, precisa entender como pode facilitar a vida desta pessoa.


E pessoas tem sentimentos, medos, anseios, necessidades.


São seres humanos que precisam de serviços que tragam melhoria em suas vidas, não importa o nicho de negócio.


Ignorar isso é um completo suicídio do seu negócio.


É fundamental você entender que quem vai usar o seu produto é uma pessoa que cria expectativas a respeito dele, que pode até mesmo imaginar um futuro brilhante após adquirir os seus serviços ou produtos, portanto, tente ao máximo fazer da experiência do cliente a mais fácil, rápida e simples possível.


Portanto se você

  • Só visa o lucro e o dinheiro entrando na conta

  • Não tá nem aí para o seu cliente pensa

  • Dificulta a vida dele com tarefas e serviços burocráticos, pouco funcionais

  • Dificulta os canais de contato

  • Não se atualiza (atende só por telefone, não tem 1 site, não tem 1 rede social)

  • Trata os clientes com descaso, frieza e pouca educação, não os ouve


Entre tantas outras coisas, é um sinal de que você provavelmente não será um bom empreendedor por muito tempo, logo logo você fechará as portas... Sad but true.



Se você deseja expandir, é necessário abrir mão de algumas coisas


Não dá para segurarmos tudo em nossas mãos. Infelizmente, para criarmos algumas coisas novas, é necessário abrir mão de outras.


Não adianta você querer se tornar uma grande empresa de e-commerce, por exemplo, se você tá segurando as pontas lá no espaço físico, mantendo um aluguel caríssimo, só para dizer para a sociedade que você tem um negócio físico.


Isso estaria te impedindo de crescer, percebe?


Então observe aquelas condutas as quais não são mais cabíveis para você e abra mão delas.


Seja fechando um estabelecimento para investir no online (que é muito mais barato e muito melhor), vendendo aquela máquina que você pouco usa, parando de fazer tal produto.


Eu mesma, vou ser sincera aqui: nunca vi glamour em ter um escritório físico em um prédio chic em alguma rua chic.


Ok, é chic sim, não vou negar, mas é um estilo de vida o qual eu não me adaptaria.


Pior, me sentiria infeliz assim e provavelmente minha produtividade iria para o ralo. Resultado: gastos e pouco faturamento.


Eu adoro trabalhar em casa, com meus gatos, no silêncio que só uma rua residencial pode me proporcionar.


Olhar para o jardim também me faz bem, então por que diabos eu teria um escritório fora de minha casa?


Só para contar vantagem para as pessoas?


Pensar que na internet, dentro de casa, podemos vender para bilhares de clientes é animador!


Você não terá apenas os clientes da sua cidade, mas do mundo inteiro.

Obrigada internet, por existir!


Pare de querer seguir receitas do sucesso


Achamos que precisamos de uma receita mágica e plim, tudo será um sucesso, automaticamente.


Essa é a maior cilada que te contaram.


Fazer o que todo mundo porque "está dando certo" faz só vai te dar um resultado: ser mais um.

E quando você é mais um, você não sai daquilo, afinal existem outras milhares de pessoas fazendo as mesmíssimas coisas que você.


Alguém lembra da época do boom do gourmet?


Todo mundo do nada resolveu abrir um restaurante gourmet, confeitaria gourmet, salão gourmet, pizzaria, ufa.


Era tanto gourmet que ao invés de ser algo exclusivo, se tornou banal.


Agora eu lhe pergunto, por quê?


Porque o fato de fazer algo que está dando certo porque é hype não vai te trazer benefícios a longo prazo.


É necessário entender que essas modinhas passam e copiar a ideia do amiguinho não é sentença de sucesso.


Portanto, seja você, crie o seu negócio, com as suas características.


Eu destesto quando um cliente me mostra uma empresa e diz que quer que a empresa dele seja igual. É de revirar os olhos...


Amada, isso é falta de personalidade! Procure ser você, não o vizinho.


Bom, por hoje é só! Hoje foi mais uma conversa sincera, com dicas essenciais, principalmente se você está começando no mundo do empreendedorismo.


É fundamental estudar sempre!

Obrigada por ter lido até aqui.

Boa sorte nos negócios.


Beijo!

Se inscreva para

receber os nossos

posts novos :)

 Tudo certo! Obrigada pelo envio!

Não mandamos SPAM! Ao registrar-se, você concorda e aceita que A Casa de Lilith envie e-mails de novas postagens e armazene seu email em nosso banco de dados.