Como divulgar o seu negócio da forma CERTA!

Muitos acham que divulgar a sua empresa está relacionado a mandar mensagens em massa para todos os lados, entupir o WhatsApp do cliente com informações que ele não pediu e ficar ligando na casa do cliente para saber se ele tem interesse na compra do seu produto.


Como divulgar o seu negócio da forma CERTA!
Como divulgar o seu negócio da forma certa!

Você já parou para pensar o quanto isso é chato e invasivo???


Certamente, você já teve ter recebido aqueles telefonemas de empresas de telefonia, com telemarketings tentando te vender um produto que você não está interessado.


Minha pergunta é: você acha legal receber esse tipo de conteúdo?

Você acha confortável estar em uma reunião de família e plim, seu celular toca e quando você vai ver é uma mensagem automática e aleatória de uma empresa no direct do Instagram...


O que você acha que o seu possível cliente irá pensar de você?


Agora te pergunto: faz sentido divulgar a sua empresa desta forma?


Ainda nos dias de hoje onde temos formas muito mais inteligentes e cativantes de mostrar aí cliente que nosso produto ou serviço é o melhor para ele?



Para você vender bem, é necessário ter empatia


Um bom vendedor precisa ter empatia com o cliente. Isso significa que você precisa se colocar no lugar dele, sentir sua dor e saber onde você deve investir de forma que não o prejudique, mas que ele se sinta amparado por você.


Percebe a diferença da abordagem?


E sim, você sendo empreendedor ou empresário, antes de tudo precisa ser um bom vendedor.


Se você não acredita e não sabe vender seu produto, seu negócio irá ruir.



Como divulgar meu negócio


Para divulgar a sua empresa, a melhor forma hoje de fazer isso é através do marketing de conteúdo.


No marketing de conteúdo é o cliente que vem até você, ao contrário do que antigamente era feito.


Hoje, as redes sociais facilitaram muito este tipo de divulgação, porque você pode produzir conteúdo relacionado ao seu setor e, assim atrair possíveis clientes que estão interessados no seu tipo de produto.


Isso é muito eficaz porque não é chato, como é uma ligação de telemarketing onde o cliente fica ali, passivamente ouvindo sem ter o menor interesse no assunto ou no produto.


Aqui o cliente buscou por conta própria, e é dessa forma que você precisa trabalhar para o seu negócio ser encontrado.



Portanto aí vão algumas dicas:


  • Entenda quem é o seu cliente, o que ele quer e o que ele precisa. No marketing e branding, chamamos este cliente de persona.


  • Procure quais são as dúvidas que este cliente possui e tente sanar essas dúvidas da produção de conteúdo naquela rede social onde a sua persona está. Para algumas empresas, será o Facebook, para outras, o YouTube.


  • Para saber qual é, você precisa fazer uma pesquisa para descobrir de onde ele vem e onde costuma ficar.


  • Faça posts relevantes nas redes sociais. E não precisa ser somente conteúdo! Às vezes, compartilhar aquele momento do dia em que você está nos bastidores de um projeto é bem mais interessante para o cliente do que ler sobre alguma dúvida.


  • A sua persona se comunica melhor por qual aplicativo? Por email? Por whatsapp? Observe por onde eles surgem e por onde você é melhor respondido. O whatsapp é fácil porque você pode mandar um corpo pronto de resposta, mas às vezes seus clientes preferem o email.


  • Sua empresa precisa ter uma forma de divulgação que não pareça um anúncio, porque assim é mais orgânico para o cliente absorver. Se você costuma fazer anúncio pago nas redes sociais, convém fazer um post relevante falando sobre alguma dúvida que as pessoas costumam ter sobre o seu produto.


  • Você pode mandar um email para o seu cliente anunciando os seus novos produtos, desde que ele autorize esse envio de emails. Não encha o saco do seu cliente com e-mails que não foram solicitados.


  • Por fim, se você mandou um orçamento e seu cliente não respondeu, aguarde um tempo, pelo menos 1 dia útil para que você mande uma resposta perguntando se a pessoa pretende ou não fechar. Assim não fica aquela coisa desesperada (e chata) para o cliente e você retoma o contato com ele e o orçamento de uma forma sutil.


  • Tenha um site! O site além de mostrar profissionalismo e comprometimento para os clientes, há o extremo benefício de, ao pesquisarem no Google o produto ou serviço que você fornece, encontrem a sua empresa. Essa forma de encontrar a sua empresa e o cliente vir até o seu site de forma espontânea, por vontade dele, é muito mais fácil de vender o seu produto do que mandando mensagens em massa para todos.


Cuide das estratégias e da forma que você aborda seu cliente.


Perceba que adicionei aqui neste post uma série de formas de divulgação do seu produto, seja através da produção de conteúdo ou pelo envio do orçamento, que também faz parte da divulgação da sua empresa.


Procure entender onde o seu cliente está e quais são suas necessidades!


Isso vai facilitar a sua vida como empreendedor e, de quebra não vai perturbar o cliente, mas sim auxiliar!



O que você deve parar de fazer agora mesmo com o seu cliente


  • Pare de ligar, mandar mensagens e e-mails sem autorização das pessoas. Isso é chato e faz o cliente pensar que a sua empresa só quer vender, mais nada.


  • Pare de postar só conteúdo de venda nos stories do Instagram. Sabe aquela lojinha da fulana que tem 300 stories de produtos que você não dá a mínima e fica com o dedo doendo de tanto passar os stories? Pois é.


  • Pare de fazer anúncios só anunciando preço de produto. Procure mostrar o valor do seu produto, não o preço. O preço é a última coisa que se mostra.


  • O cliente se interessou e parou de responder? Não fique perturbando o cliente perguntando toda hora se ele vai fechar. Isso é chato e pode fazer o cliente perder o interesse. Às vezes a pessoa está atarefada e não tem tempo de responder, aguarde até mandar uma nova mensagem.


  • Pare de responder com mensagens automáticas o tempo todo. Entendo que a gente atende muita gente durante o dia, mas mande mensagens mais humanizadas. Evite ao máximo usar os bots porque pode demonstrar desinteresse por parte da empresa para o cliente.


Por fim, não tenha medo de vender o seu peixe e mostrar o valor do seu produto ou serviço.


Você como empreendedor e vendedor deve sempre ser autoconfiante e se impor, mostrar que o seu trabalho é de valor e que o cliente sairá perdendo se não fechar com você.



Caso contrário, alguém fará isso no seu lugar e será seu concorrente!


Se engana quem pensa que o mundo do empreendedorismo é ficar o dia todo vestindo um look maravilhoso enquanto toma café em sua mesa de trabalho com um notebook do lado.


Na maioria das vezes é você na mesa da cozinha, de pijamas, fazendo mil, 5 mil, até 20 mil reais.


Isso sim é muito mais importante do que o glamour de revista (que não existe)! Portanto, passe a pensar desta forma a partir de agora.


Eu fico muito feliz por ter chegado até aqui, é sinal que você está no caminho certo! Estudar é o primeiro passo!


Se você gostou deste post, não deixe de conferir os demais sobre marketing e empreendedorismo aqui do blog. Será um prazer imenso te ajudar.


Obrigada por ter lido!

Beijos!


Se inscreva para

receber os nossos

posts novos :)

 Tudo certo! Obrigada pelo envio!

Não mandamos SPAM! Ao registrar-se, você concorda e aceita que A Casa de Lilith envie e-mails de novas postagens e armazene seu email em nosso banco de dados.