Dicas para contratar um bom designer!

Design é investimento. Acho que quem lê este blog está careca de saber disso, porque (literalmente) bato nesta tecla todos os posts e falo sobre a importância que o design e a identidade visual tem na vida de um negócio.


Como contratar um bom designer
Foto por Ylanite Koppens

A identidade visual deve ser levada como um investimento importante e, por isso, o profissional a executar esse pedido deve ser escolhido a dedo para que você não passe por certos perrengues desnecessários.


Pior, pagando para isso, né? Como se não bastasse.


Então trouxe 5 dicas para você contratar um bom designer certo para criar o seu projeto de identidade visual! Vamos lá?



Observe a conduta do profissional


Esse negócio de que o pessoal do setor criativo é sempre bagunçado e perdido não existe não, viu?


Existem profissionais e "profissionais".


Lógico, há alguns que possuem um processo criativo um pouco caótico. Não há mal algum, desde que isso não te atrapalhe como cliente.


E claro, que ele te entregue no prazo.


Mas perceba se a pessoa costuma cumprir prazos, se ele leva a profissão de designer como uma profissão integral e principal ou como um "quebra galho".


Fique longe de profissionais que afirmam dizer que são designers só nos finais de semana ou como segunda profissão.

Há altíssimas chances dessa pessoa não ter conhecimento técnico algum para criar identidades visuais. E sim, você será cobaia desta pessoa.


Esse é o grande divisor de águas entre os profissionais sérios e os sobrinhos que fazem uns desenhos no Illustrator.


Perceba se a pessoa leva a sério o trabalho dela:


  • Ela tem cursos e aprimoramentos na área do design?

  • Tem um site institucional, tem um portfolio? Se não tem, investe nisso, pelo menos?

  • Tem perfis profissionais no linkedin, instagram ou outras redes? Observe bem, estou falando de perfis profissionais.

  • Tem conhecimento técnico aprofundado no assunto?


E quando eu digo conhecimento técnico, não é de software que estou me referindo. Software você mesmo pode aprender aí na sua casa.


Programas são apenas ferramentas.


Conhecimento técnico é o que a gente aprende na faculdade ou no curso técnico em design, como psicologia do design, cores, hierarquia, proporção, desenho, semiótica, marketing, enfim.



Resenhas


Dê uma olhada em suas redes sociais e procure por resenhas. Um bom designer sempre possui resenhas positivas ao seu favor no seu instagram ou site.


Sabe aquela frase: "A voz do povo é a voz de Deus"? Pois é.


Eu, por exemplo, deixo as resenhas dos clientes em prints, porque assim passa uma realidade e sinceridade maior na resenha para os clientes.


Gosto de deixar as resenhas lá no instagram, porque é de lá que a maioria dos meus clientes saem!



Analise o portfolio


Nunca, jamais, em hipótese alguma contrate um profissional sem antes olhar como é feito o seu trabalho.


Olhar o portfolio vai te dar uma boa noção de como é o acabamento do trabalho dele.