4 erros que podem fazer o seu negócio fechar as portas

Atualizado: Jul 9

Começamos este post com uma verdade dolorida: o objetivo de todo negócio é lucrar.

Se você acha que é normal um negócio ter ganhos suficientes para pagar contas, pagar seu "salário" e não sobrar nada no final para investir ou guardar, você está (infelizmente) empreendendo errado.

Pode parecer grosseria, mas é uma verdade. Obviamente, no começo (até os 2 primeiros anos) é completamente normal não ter o retorno esperado, inclusive é por isso que muitos negócios fecham (70% deles) até os 2 primeiros anos.

Se você não quer ser parte desta estatística, precisará estudar bastante, ter muito foco e evitar ao máximo cometer estes erros abaixo, vamos lá?

1. Empreender por "desespero"

O que eu chamo de empreender para sair daquele emprego que está te matando ou porque você está desempregada(o) e não tem 1 centavo furado no bolso.

Essa ideia de fazer o que gosta é linda, mas não é bem o conto de fadas que você vê por aí.

Para empreender em algo, é necessário gostar de verdade do que faz e ter (pasmem)... dinheiro! Você precisará do dinheiro seja lá para investir em produto, maquinário ou material.

Infelizmente não é possível abrir um negócio sem ter dinheiro, portanto se você pensa que abrir um negócio irá solucionar todos os seus problemas "sendo o seu próprio chefe", recomendo (sendo bem sincera) procurar um emprego, porque provavelmente você irá se frustrar.

2. Agir como uma CLT

Eu vejo pessoas que abrem seus negócios agindo como se estivesse em uma empresa qualquer: se importam apenas em ir para o estabelecimento, fazer as obrigações diárias e assim que chega o final do horário comercial, a pessoa vai para casa assistir tv.

Obviamente não estou dizendo que devemos passar 24h dos nossos dias empenhados em um empreendimento, nada disso! A vida é uma só, gente!

Mas quando você é empreendedor, é você quem faz a sua marca.

Isso exige uma preocupação e dedicação constante e, quando digo isso, me refiro a investimentos futuros, como se preocupar com o branding da marca, o design, o maquinário novo, produtos novos, etc. Pense sempre grande, trace o plano de metas a longo prazo!

Empreendedor ama ficar pensando nos próximos passos do seu negócio.

3. Empréstimos

Ok, você leu lá em cima e viu que, para ser um empreendedor, é necessário ter dinheiro. Aí você vai lá no BNDES e pede 10 mil de empréstimo para abrir o seu negócio e PLIM! Zero de lucro nos primeiros 6 meses. E agora? O que fazer?

Quando nós temos uma dívida, temos pressa! Logo, o plano de começar um negócio e obter o lucro acaba falhando, porque você já vai abrir um negócio com uma dívida de 10 mil e alguma coisa, afinal há os juros (não se esqueça deles), fora os seus gastos mensais.

Portanto fique LONGE, PASSE MUITO LONGE dos empréstimos. Não caia nessa cilada, nem deixe os bancos te convencerem.

4. Propósitos???

Você resolveu abrir sua empresa de salgados para festas porque é o que você ama fazer ou porque era aquilo que você sabe fazer e "dá dinheiro fácil"? Se você abre um negócio sem ter um propósito para a existência dele.

Sempre penso no exemplo da Sophia Amoruso (#girlboss) que abriu a Nasty Gal sem saber muito bem o que estava fazendo e o que aconteceu? A empresa não durou por muito tempo, mesmo com todo o marketing envolvido.

Por falta de propósito, afinal a Nasty Gal começou como um brechó vintage e terminou como uma fast fashion qualquer... Perdeu completamente o propósito da marca.

Portanto, tenha um propósito para a sua marca existir. Não faça a besteira de abrir um negócio só porque todo mundo está abrindo também. Pense bem naquilo que você gosta e só dê o primeiro passo quando tiver plena certeza do seu propósito.

Enfim, esses são os 4 principais, poderia passar o dia citando outros erros, mas futuramente farei outros posts com mais informações a respeito de negócios e empreendedorismo, porque sei que as leitoras daqui gostam bastante! ;)

Caso você lembre de algum erro e queira ajudar os demais leitores, não deixe de comentar abaixo (eu vou adorar saber também, afinal aprendo muito com os leitores). Por hoje é isso! Beijos e até o próximo post.

Se inscreva para

receber os nossos

posts novos :)

Não mandamos SPAM! Ao registrar-se, você concorda e aceita que A Casa de Lilith envie e-mails de novas postagens e armazene seu email em nosso banco de dados.

Somos um estúdio virtual localizado em Taboão da Serra -SP, focado em design gráfico e branding para empresas e profissionais autônomas. Acreditamos no potencial da imagem para alcançar o sucesso.

  • LinkedIn - Gabriela Costa
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

© COPYRIGHT 2020 - CNPJ: 31.252.859/0001-11 A CASA DE LILITH DESIGN STUDIO || FEITO COM ♥ DESDE 2018